terça-feira, 25 de julho de 2017

O Tempo

Olá Pessoas, boa noite! Tantas foram as vezes que escrevi sobre o tempo que até perdi a conta. A verdade é que, quando atingimos uma determinada idade ( não que eu seja assim "tão" velha hahahaha ), começamos e pensar mais sobre o tempo.
Seria perfeito se soubéssemos a importância que o tempo tem desde o nosso nascimento; talvez tivéssemos seres humanos melhores.
Não o desperdiçaríamos  alimentando sentimentos ruins, ao invés disso, exercitaríamos  o perdão - principalmente a nós mesmos, cultivaríamos o amor, a amizade. Investiríamos naquilo que nos desse retorno e não perderíamos nosso tempo priorizando quem nos trata como opção. 
Não desperdice seu tempo investindo naquilo que não vai te levar a lugar algum. Muitos de nós, desperdiçamos anos, às vezes décadas ou até mesmo uma vida inteira, em relações que sabemos que não valem a pena. E, muitas vezes o fazemos por medo da solidão. Precisamos nos libertar daquilo que nos faz mal para dar lugar a algo melhor, seja um trabalho, seja uma relação, seja lá o que for... precisamos quebrar as amarras que nos prendem àquilo que nos escraviza a alma. Precisamos urgentemente entender a importância do tempo, porque ele não para e a vida não espera. 
Conheço muitas pessoas que vivem como se estivessem esperando a estreia e esquecem que o espetáculo já está na metade. 
Conheço outras tantas que vivem uma farsa, suportando um matrimônio infeliz, só para manter a aparência ou fazendo um trabalho do qual não gostam, ou vivendo em função do que os outros esperam delas e tantos são os exemplos...
Pessoas lindas o tempo não para e não volta atrás, mas como costumo dizer sempre: " sempre podemos dar uma chance a nós mesmos e, tentar fazer diferente o que já fizemos muito errado". 
De vez em quando precisamos fazer uma pausa para refletir o rumo que estamos dando às nossas vidas, às nossas relações e, principalmente, se estamos felizes naquilo que estamos vivendo. 
Eu mesma preciso urgentemente desta auto análise. 
Quem me acompanha?!

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Você foi embora e nem veio me ver. Pensa que eu não te esperei para irmos para Itacaré?!
      Saudades de você!

      Excluir